Voc� precisa do Plugin Flash

17/01/2011

Tristeza

Desde que li a notícia do acidente com o montanhista Bernardo C. na Patagônia, semana passada, já senti esse enorme aperto no peito. Tristeza mesmo. Daquelas pesada...

Fiquei pensando nele, na amiga Kika, que desceu ainda na esperança de acionar o resgate.

Nesse domingo, li o relato cheio de detalhes, que uma emocionada companheira descrevia.

A ancoragem dele havia saído. Maldita âncora.

Coincidentemente,  essa semana assisti ao documentário “Sociedade da Neve” (Aliás, pra quem gosta de documentário, esse é imperdível), sobre o acidente aéreo que, em 72, deixou uruguaios abandonados, no Andes, por 72 dias.

Recorreram ao canibalismo para sobreviverem.

Isso tudo só me faz pensar numa coisa:

 
- Como a vida é frágil.
 

Eu, que odeio adrenalina, quebrei um pé trabalhando e entendi que a fragilidade é uma constante.

 

À querida e corajosa Kika, todo meu carinho...

 

 

“Tristeza não tem fim

felicidade sim...”

Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim

12/01/2011

Hunf!

Maluca danada!!

 
Quer dizer que doida da Amy abre um show extra e nem cuida dos loucos que encheram aquele “confins” para aplaudí-la?!

Ainda bem que a sacana é boa e as 10 míseras músicas que cantou, brilharam. Mas eu queria era mais...

Queria e fiquei querendo, que ela deu tchau com a mão e se picou.

Foi pra Santa Teresa... sei... levar a santa pro mal caminho...

Beleza Amy, beleza...

O preço pago pela pista Premium, das minhas manas, foram recompensados pelo divertimento que a noite nos deu.

Beijo Amy, me liga...